quinta-feira, 31 de março de 2016

As Minhas Séries Favoritas - Outlander

Uma vez que adoro séries e filmes, tanto quando adoro livros, achei que seria interessante partilhar convosco aquilo que mais gosto de assistir na TV, ou melhor dizendo, no notebook, já que o utilizo mais para isso do que a TV em si.
A minha lista de séries e filmes favoritos é interminável mas decidi começar por uma série recente que é a adaptação de uma saga de livro, e a qual eu gosto mesmo mesmo muito. (Quem leu o post Tag - Perguntas Literárias lembrar-se-à da minha referência ao primeiro livro desta série).


Outlander é uma série de ficção histórica britânica/americana, baseada nos livros da autora Diana Gabaldon, que se estreou em 2014 no Starz (canal estadunidense). Em Portugal começou a ser exibida pela TVSéries no início de 2015. A série conta com uma temporada de dezasseis episódios de aproximadamente uma hora cada e a segunda temporada estreará já em abril.




Esta série fala-nos de Claire Randall, uma ex-enfermeira que após o final da Segunda Guerra Mundial, vai numa segunda lua-de-mel com o marido, Frank Randall, para a cidade escocesa de Inverness, na região de Highland, numa tentativa de voltar a encontrar aquilo que os uniu e deu lugar ao seu amor antes de ficarem quatro anos separados pela guerra.
Ao chegar a esta cidade, Claire depara-se com o misticismo das crenças daquela terra e acaba por encontrar um monumento megalítico que a transporta para duzentos anos antes do seu tempo naquele mesmo local. Completamente sozinha, Claire acorda no meio de um conflito do qual tenta fugir acabando por encontrar um antepassado do marido, um capitão da guarda inglesa, Johnathan Randall, conhecido como Black Jack Randall, do qual é salva por um um clã rebelde. Cativa do clã MacKenzie, Claire tem de esconder a sua verdadeira origem e aprender a viver na sociedade rural escocêsa de 1743, enquanto tenta, em segredo, arranjar maneira de voltar ao século XX, e usando o seu tempo e conhecimentos médicos para benefício dos aldeãos e do clã MacKenzie, ao mesmo tempo que começa a aproximar-se de Jamie Fraser, o jovem guerreiro sobrinho do Lorde do clã e o seu primeiro paciente aquando da sua captura.


E mais não digo acerca desta série pois estaria a dar demasiados spoilers. Apenas acrescento que é uma série muitíssimo bem construída, com personagens cheios de carisma e personalidade, uma história interessante, envolvente e chocante, devido à crueza com que trata determinados assuntos, não se perdendo em floreados fantasiosos, tornando tudo bastante real e transportando-nos para o que poderia realmente ter acontecido naquela época, sem nunca deixar de lado o romantismo histórico e as belíssimas paisagens da Escócia. É uma das minhas séries favoritas de sempre e mal posso esperar pela segunda temporada!

Deixo-vos os trailers da primeira temporada e da segunda temporada para que possam ter um gostinho do que vos espera caso queiram seguir as aventuras de Claire, Jamie e do clã MacKenzie. :)





Obrigada por lerem! :)

quarta-feira, 30 de março de 2016

Diário Fotográfico - Um Dia No Portugal Dos Pequenitos

"Coimbra tem mais encanto na hora da despedida"

O ano de 2012 foi propício a passeios de verão por território nacional e Coimbra foi uma das cidades pela qual me passeei. Gosto mesmo muito desta cidade e, apesar de nunca lá ter ficado mais que dois dias, tenho ótimas memórias das visitas que lá fiz. Quero lá voltar ainda este ano e visitar sítios conhecidos e sítios desconhecidos.

Escolhi mostrar-vos um pouquinho do meu diário fotográfico do Portugal dos Pequenitos, uma das atrações Coimbrãs de que mais gosto. :)


"Situado em Coimbra, o Portugal dos Pequenitos é desde 8 de junho de 1940, data da sua inauguração, um parque lúdico-pedagógico destinado essencialmente à Criança. 
Retrato vivo da portugalidade e da presença portuguesa no mundo, o Portugal dos Pequenitos é ainda hoje um referencial histórico e pedagógico de muitas gerações."




 
"Para além de ser um espaço de aproximação de culturas e de cruzamento entre povos, o Portugal dos Pequenitos é também uma mostra qualificada da arte escultórica e arquitetónica que, pela miniatura e pela minúcia, ainda hoje encantam crianças, jovens e adultos."





Fun fact: além de ser possível entrar dentro de algumas casinhas, aquelas maiores são mini-museus e lá dentro podemos encontrar artefactos nativos de região apresentada, por exemplo, Índia e Macau. :) 


 
Gostaram desta pequena amostra? Quem já visitou ou tem vontade de visitar o Portugal dos Pequenitos?

Obrigada por lerem! :)

terça-feira, 29 de março de 2016

Recantos Deliciosos - Leitaria da Baixa

Sabem aquele espaço super fofo, calmo, com bom ambiente e coisas boas para comer? Eu sei, eu sei, cada pessoa terá o seu cantinho mas acreditem, este é bem especial. ;)


Aberta desde Novembro de 2013, a Leitaria da Baixa tem como lema o "Regresso à tradição", e isso pode-se comprovar através não só da charmosa decoração do espaço, que conta com elementos românticos e "neovintage", como pelas iguarias confecionadas tradicionalmente.



Quando escolhemos este lugar para tomarmos o pequeno-almoço ou o lanche, podemos esperar um atendimento 5 estrelas e coisinhas muito saborosas, desde bolos a pastéis e refrescos ou algo quente. O espaço é mesmo calmo e aconchegante, proporcionando um bom ambiente para uma boa conversa com amigos ou família enquanto nos deliciamos com os doces petiscos à escolha.



O espaço está dividido por uma parede e porta de vidro, sendo que a parte interior tem pequenas mesas redondas em pvc branco e uma mesa maior de madeira, apropriada para um grupo de mais de 3 pessoas. A parte semi-exterior, que se assemelha a um alpendre, tem pequenas mesas e cadeiras de jardim em madeira que facilmente pode ser movimentadas para formar uma área de refeição para um grupo maior ou utilizadas individualmente para uma ou duas pessoas. Ambos os espaços estão ternamente decorados de forma a que nos sintamos quase na "casa da avó".



Da última vez que lá fui, optei por este pão-de-ló glacê e por um capuccino, que estavam deliciosos! A Daniela, que foi arrastada por mim para experimentar o lugar, optou por um pão-de-ló de Ovar e uma limonada. Segundo ela, a limonada não estava muito forte, o que a decepcionou um pouco, pois esperava o azedozinho do limão, mas de resto gostou bastante, até onde sei. Eu já estou com vontade de lá voltar para ver que especialidades estão disponíveis para me lambuzar.



Agora que já vos mostrei um pouco deste recanto, espero que vos tenha despertado o interesse para visitarem e podem fazê-lo quando passarem pela Rua Passos Manuel, uma perpendicular da Rua de Santa Catarina, no Porto. Fica mesmo em frente à entrada lateral da Fnac.

Obrigada por lerem! :)

segunda-feira, 28 de março de 2016

Opinião | Só Em Sonhos



  • Título Original: Dream Chaser
  • Título Traduzido: Só em Sonhos
  • Autoria: Sherrilyn Kenyon
  • Edição: Edições Chá das Cinco Lda
  • Publicação: 2014
  • Coleção: Predadores da Noite
  • Páginas: 256
  • Tipo: Literatura fantástica/erótica

Sinopse:
Xypher tem apenas um mês na Terra para se redimir através de uma boa ação ou será condenado à tortura no Tártaro para toda a eternidade. Mas a redenção pouco significa para um semideus que apenas deseja vingança contra aqueles que causaram a sua queda.
Simone Dubois é uma médica-legista com dons psíquicos e capaz de ajudar os mortos a encontrar os seus assassinos. Quando Xypher pede a sua ajuda para abrir um portal para o Inferno e combater demónios, Simone tem a certeza que está perante um louco.
O futuro da Humanidade encontra-se em risco, mas qual a maior ameaça que Simone enfrenta? Os demónios que vêm em sua perseguição, ou o homem misterioso e sedutor que mudou irremediavelmente a sua vida?

Opinião:
"Só em Sonhos" é o 14º livro traduzido da saga Predadores da Noite, de Sherrilyn Kenyon. Neste livro conhecemos a história do semideus e meio demónio Xypher, um Skotos (predador de sonhos, deus dos pesadelos que procura emoções nestes mesmos quando lhe estão proibídas) que saiu do inferno por um mês e que procura uma forma de voltar para concretizar a sua vingança contra a mulher que o traiu e condenou à danação eterna. Como seria de esperar, o seu humor não é o melhor, apresentando-se como um ser frio, insensível e assutador, apesar de incrivelmente belo. Nessa procura por alguém que abra o portal para Kalosis, ele encontra Simone, uma humana a quem fica preso involuntariamente. Acostumada com o sobrenatural (ela vive com um fantasma adolescente que ficou preso à era na qual morreu (anos 70), Simone vê-se obrigada a encarar o desafio de passar tempo com Xypher até que consigam encontrar forma de se libertarem um do outro. No entretanto, ela continua a fazer o seu trabalho como médica-legista, arrastando Xypher para cenários de crimes que estão a começar a aparecer um pouco por todo o lado em Nova Orleães. Acabam por cruzar caminho com outras espécies de seres sobrenaturais na busca de ajuda para o seu problema, ao mesmo tempo que começam a desenvolver afetos um pelo outro.
As personagens são cheias de personalidade, não deixando que o leitor se aborreça em momento nenhum ao longo da história. A ação desenrola-se nos dias atuais em Nova Orleães, assim como um pouco no inferno Kalosis. A leitura é muito acessível e cheia de momentos de humor, ação, drama e romance.
Fisicamente, o livro tem na capa uma imagem que pouco se assemelha à personagem principal, porém não deixa de ser aprazível. A cor azul reporta para o inconsciente mundo dos sonhos, o mundo do personagem principal.

Vamos parar por um momento para apreciar a grandiosidade da saga e deste livro em particular... Como diria uma amiga: "Pelo amor da santa!", dizer que gostei do livro não chega nem perto do que senti. Eu adorei mesmo o livro! (Apesar de que, vindo de mim, uma fanática de Sherrilyn Kenyon assumidíssima, não deixa de ser suspeito. :p) Já não lia livros dela há algum tempo e este veio trazer de novo o gostinho dos anteriores livros, com uma escrita e enredo fabulosos, que só me fazem ansiar por pertencer àquele mundo fantástico que é descrito no papel. Como isso não é possível :( *beicinho* já estou à espera de poder pegar no livro seguinte desta saga.

Super recomendo este livro, e todos os outros da saga na verdade, a quem gosta de humor, ação, romance, fantasia, mitologia e erotismo. ;D

Obrigada por lerem! :)

domingo, 27 de março de 2016

Celebração A Eostre

Sendo que nos encontramos no início da primavera e, especialmente, na Páscoa, achei que seria interessante falar um pouco sobre as origens que servem de base para algumas das celebrações judaico-cristãs  durante a primavera e a Páscoa.
Na mitologia anglo-saxã, germânica e nórdica, Eostre é um dos muitos nomes dados à Deusa do amor, do renascimento, da pureza e da juventude. Ela está relacionada com a Deusa grega Eos, a Deusa indo-europeia esposa de Odin, Frigg, a Deusa fenícia Astarte e ainda a Deusa babilónica Ishtar.

Fonte: Google Imagens

Conta a lenda que Eostre gostava de estar rodeada de crianças e um dia, enquanto cantava para elas, um pássaro pousou na sua mão. A Deusa disse algumas palavras mágicas e o pássaro transformou-se numa lebre, o seu animal preferido. O tempo passou e as crianças repararam que o animal não se sentia feliz na sua nova forma, pelo que pediram a Eostre para voltar a transformá-lo num pássaro. A Deusa esperou pela primavera, quando os seus poderes estavam completamente restituídos, para voltar a transformar o animal na sua forma original, nem que fosse por pouco tempo e quando o fez, o pássaro pôs ovos em agradecimento, transformando-se novamente numa lebre, que pintou os ovos e os distribuiu pelo mundo, e Eostre entalhou na lua uma lebre, para lembrar às pessoas do seu ato tolo que interferiu com o livre-arbítrio.
Assim, as lebre ou coelhos e os ovos passaram a representar a fertilidade e o início de uma nova vida.

Eventualmente, a igreja católica substituiu as festividades pagãs de Eostre pela Páscoa, como fez com outras festividades pagãs, absorvendo muitos de seus costumes, inclusive os ovos e o coelho da Páscoa. Outra tradição, além de pintar os ovos, é escondê-los e depois procurá-los, como numa caça ao tesouro.

Fonte: Google Imagens

Gostam de mitologia? Já conheciam a história de Eostre?

Obrigada por lerem! :)

sábado, 26 de março de 2016

10 Coisas Felizes Esta Semana

Ponderei se escreveria este post ou não mas decidi ir para a frente com ele e dedicá-lo ao meu Simão, que nos deixou ontem à noite, assim de repente. Apesar de ter estado connosco apenas dois anos, fez-nos a todos muito felizes e sei que também o fizemos muito feliz. ♥


1. O senhor cabeça-de-relva finalmente brotou.

2. Rever três dos gatinhos vadios que nasceram no meu pátio das traseiras há uns tempos e que estavam desaparecidos. Afinal, estavam escondido num sítio mais quentinho.

3. Aprender a receita do bolo que a minha mãe fazia quando era adolescente. Fizemos o bolo juntas e além de ter ficado delicioso, foi mesmo bom estar na cozinha, entre taças e colheres-de-pau com ela.

4. Biscoitos integrais de canela. São super deliciosos e acompanham um cházinho muito bem.

5. O jardim em frente à minha casa tem de novo plantas. Este mês, os senhores da Junta de Freguesia fizeram questão de derrubar quatro árvores lindas e saudáveis que lá estavam plantas. Isso deixou-me mesmo triste. No entanto, fiquei um pouco melhor quando vi que plantaram três camélias que já estão a querer florir.

6. A primavera. Estava ansiosa para que a primavera chegasse e ela está aí. Já só falta o solzinho e menos dias frios e chuvosos.

7. Saber que está tudo bem comigo. Tive de fazer um exame médico esta semana e, felizmente, o resultado foi bom.

8. Reorganizar a minha estante. Não é propriamente uma estante e sim duas prateleiras, uma acima da outra, mas o que interessa é que estive a reorganizar alguns dos meus livros e isso sabe sempre bem.

9. Receber uma cartinha cheia de carinho com umas coisas giras a acompanhar. ♥

10. O livro que estou a ler. Nunca pensei que fosse gostar tanto do livro como se comprovou. É simplesmente fantástico, ora não fosse ele sobre piratas. Se quiserem saber mais, não percam o primeiro "O Que Li Por Aqui" do mês de abril.


Esta semana foi cheia de coisas menos boas mas entre tanto stress, cansaço e dor, consegui reunir algumas coisas boas que me deixaram feliz.
O que vos deixou feliz esta semana?

Obrigada por lerem! :)

sexta-feira, 25 de março de 2016

Tag - Perguntas Literárias

Olá leitoras/es! :)
Gostam de livros? Gostam de Tags? É que desta vez trago-vos uma Tag que vi na internet e que consiste em 9 perguntas sobre o mundo literário. Encontrei-a em brasileiro então adaptei um pouco as questões, quer para o nosso português tuga, quer para que se tornassem mais engraçadas. Espero que achem interessante. :)
Então vamos lá a isto!


1. Qual a capa mais bonita da tua estante?
Oh meu Deus! É a primeira pergunta e já tão difícil? Hmm... Entre tantas capas lindas da minha estante, escolho a capa do livro "O Circo dos Sonhos", de Erin Morgenstern.

2. Se pudesses trazer uma personagem da literatura para a realidade, qual seria?
Neste momento seria talvez Ezio Auditore, do livro "Assassin's Creed - Renascença", de Oliver Bowden. Adoro-o!

3. Se pudesses entrevistar um/a autor/a, qual seria?
Sem dúvida seria a Sherrilyn Kenyon. Amo os livros dela e gostaria de a entrevistar acerca de tudo o que concerne o seu mundo literário.

4. Qual o livro que voltarias a ler? Porquê?
Voltaria a ler "Winnie-the-Pooh", de A.A.Milne, porque acho que é um livro lindo, com histórias super fofinhas. É um livro docinho.

5. Qual o teu casal literário preferido?
Tenho tantos... Mas vou escolher um clássico: Elizabeth Bennet e Fritzwilliam Darcy, do livro "Orgulho e Preconceito", de Jane Austen.

6. Quais os vilões literários mais terríveis que já encontraste? (Refere apenas dois)
Não que sejam vilões propriamente ditos mas não são de todo boas pessoas, logo escolho Bloodletter, da saga Irmandade da Adaga Negra, de J.R.Ward, e Estes, da saga Predadores da Noite, de Sherrilyn Kenyon.

7. Se pudesses viver num livro, qual seria?
Mais uma pergunta difícil! Talvez no livro "A Verdadeira História do Capitão Gancho", de Pierdomenico Baccalario, porque a história fala de piratas e navios e viagens...e eu acho que já fui pirata em outra vida. xD.

8. Qual o maior livro da tua estante? E qual o menor? (N.º de páginas)
O maior livro da minha estante neste momento é "Eldest", de Christopher Paolini (832 páginas) e o menor é "O Amante", de Marguerite Duras (128 páginas).

9. Qual livro queres mesmo muito ler?
Quero mesmo mesmo mesmo muito ler "Outlander - Nas Asas do Tempo", de Diana Gabaldon.


Desafio os blogs Carpe Noctem e Cantinho da Sunny para fazerem esta Tag.
E convido todas/os as/os leitoras/es que acharam esta Tag interessante a responderem às perguntas nos comentários ou a fazerem a Tag nos seus blogs e deixarem o link aqui nos comentários.

Obrigada por lerem! :)

quinta-feira, 24 de março de 2016

9 Dicas Para Uma Boa Noite De Sono

Com o ritmo corrido das nossas vidas, trabalho, escola, filhos, etc., chegamos ao final do dia exaustos. Se para uns isto é algo que os ajuda a cair à cama e "aterrar" de imediato, para outros é algo que dificulta a entrada no mundo dos sonhos.
Nem sempre conseguimos obter o melhor de cada noite de forma a repormos energias e descansarmos devidamente o corpo e a mente. No entanto, existem algumas coisas que nos podem ajudar nessa questão e não são tão evasivas quanto alguns medicamentos para dormir. O mais importante na hora de fazer "ó-ó" é prepararmos a nossa mente para isso mesmo e ajudarmos também sendo gentis com o nosso corpo.

Adaptado de Diglee

Como podemos fazer isso? Bem, de várias formas e algumas delas eu vou partilhar aqui convosco. :)

1. Evitar demasiada cafeína.
Durante o dia, devemos ter em atenção a quantidade de cafeína que consumimos pois o excesso não só é prejudicial para a saúde como afeta negativamente o sono.

2. Jantar algo leve.
O jantar deve ser o mais leve possível, uma vez que não iremos propriamente necessitar de uma grande dose de energia para dormir. Dormir de barriguinha cheia é reconfortante mas de barriguinha a abarrotar nem tanto. xD

3. Tomar um chá relaxante após o jantar


O chá ajuda à digestão e contendo ervas relaxantes e calmantes, ajuda-nos a preparar o nosso sistema para começarmos a desacelerar. Chá de verbena, camomila ou valeriana é muito bom para este propósito.

4. Desligar o telemóvel e outros aparelhos
Os aparelhos eletrónicos são o grande vício da sociedade moderna mas quando nos preparamos para dormir convém desligá-los ou, no caso do telemóvel, colocá-lo no modo de voo. Assim, dedicamos algum tempo para a nossa rotina noturna sem interrupções, fazemos um mini-digital-detox e enquanto estivermos a dormir, as frequências nefastas do aparelho não nos atingem.

5. Tomar um banho quente
Uma banhoca quentinha antes de vestirmos o pijama e viajarmos até Vale dos Lençois é uma das melhores formas de relaxarmos os músculos do corpo.

6. Ler um livro


E uma vez na camita, podemos sempre pegar naquele livro que está na nossa mesinha de cabeceira e ler um pouco. Desligamos a mente deste mundo e ligamos a imaginação para um novo mundo.

7. Fazer uma reflexão positiva do dia
Deitar e pensar nas coisas boas que se passaram durante o dia. Podem fazê-lo através do vosso Diário em Cinco Minutos ou mentalmente. Não há nada como adormecer com bons pensamentos a rechear a nossa mente.

8. Fazer alguns exercícios de respiração
Fazer exercícios respiratórios ajuda-nos a estimular o sistema respiratório e a entrar num estado de relaxamento muito apreciado aquando de nos deitarmos para dormir.

9. Vaporizar a almofada com spray de alfazema


A alfazema (ou lavanda) é conhecida pelas suas propriedades relaxantes e estimulantes do sono. Se tiverem possibilidade e gostarem o aroma desta planta, existe um spray próprio que podem usar para vaporizar na vossa almofada.


Gostaram das dicas? Quais utilizam e quais acrescentariam a esta lista?

Obrigada por lerem! :)

quarta-feira, 23 de março de 2016

ANIME! Oh Yeah! ;)

Inspirei-me nas postagens da Sunshine, do blog Cantinho da Sunny e trago-vos hoje um tema bem diferente do normal: ANIMEEEEEEEEE!!! :D

Para quem não sabe, Anime (abreviatura de Animation) refere-se a desenhos animados ou animação japonesa. A maioria dos animes provém de Mangas (banda desenhada japonesa). Eu descobri o anime há uns bons anos atrás e até hoje é algo de que gosto mesmo muito.
Existem vários géneros de anime, desde mais inclinados para o público feminimo (Josei), até outros mais para o público masculino (Seinen), passando por alguns para crianças pequenas (Kodomo Shounen para meninos e Kodomo Shoujo para meninas), outros com conteúdo permitido apenas para adultos (Ecchi e Hentai), entre outros. Pode dizer-se que existem animes para todas as idades, gostos e estratos sociais. Os temas variam entre romance, ação, aventura, comédia, terror, etc.

Assim sendo, vou falar um pouco de um dos meus animes favoritos.


D. Gray-Man é um anime que conta com 103 episódios de cerca de 23/25 minutos cada. Começou a ser exibido em 2006 e terminou em 2008. O manga contém o que vemos nestes 103 episódios e continua a história.
A ação passa-se numa cidade imaginária no final do século XIX. Neste mundo paralelo, existe uma organização chamada Ordem Negra, constituída por guerreiros que se denominam Exorcistas e combatem contra o Conde do Milénio, um vilão que pretende dominar o mundo através da captura e corrupção das almas dos falecidos quando os seus entes queridos não conseguem superar a sua perda e aceitam fazer um contrato com o Conde. Com essas almas e o corpo daqueles que fazem o contrato, o Conde cria máquinas destrutivas chamadas de Akumas (Demónios), que evoluem e se tornam mais poderosas consoante o seu número de vítimas aumenta.

Conde do Milénio a criar um akuma. Atrás está um esqueleto de ferro que receberá a alma do falecido e que "vestirá" o corpo do ente querido que fez o contrato para o trazer de volta.

Uma alma presa a um akuma de nível 1. É isto que o Allen consegue ver com o seu olho esquerdo ativado.

Allen, Lenalee e um Finder a lutar contra um exército de akumas de nível 1.

Para conseguirem derrotar o Conde do Milénio, os Exorcistas não só destroem os Akumas, libertando assim as almas presas no contrato e que estão em sofrimento, como também procuram por uma essência divina chamada Inocência, que foi fragmentada e espalhada por toda a Terra, e que lhes permite potencializar as suas capacidades de combate. Um Exorcista apenas pode usar a Inocência caso esta seja compatível com ele. Quanto maior a compatibilidade do Exorcista com a Inocência, maior o seu poder e maior o controlo que detém da sua arma anti-akuma. O Conde do Milénio também procura essa Inocência pois pretende destruí-la.

Inocência no seu estado primitivo, ainda concentrada na forma de um cubo.

Fragmentos da Inocência que são reunidos e utilizados nas armas anti-akuma.

Um dos personagens principais é Allen Walker, um adolescente de 15 anos que se juntou à Ordem Negra quando o seu mestre, o General Marian Cross, desapareceu após o deixar inconsciente algures na Índia.

Quando o General Cross "adormeceu" o Allen e se pôs ao piro xD

Uma vez chegado à Ordem Negra, Allen descobre que é a pessoa de uma profecia, o "Destruidor do Tempo", ou seja, ele é o único que pode destruir o Conde do Milénio.

Allen é confundido com um intruso quando chega à Ordem Negra e quase é cortado às postas pela Mugen (espada) do Kanda xD

Em pequeno, Allen foi amaldiçoado quando tentou ressuscitar a pessoa que sempre foi como um pai para ele. O seu olho esquerdo consegue ver as almas presas aos Akumas, mesmo quando estes estão disfarçados de pessoas normais, e o seu braço esquerdo pode ser transformado numa arma anti-akuma, ou seja, contém Inocência.

Quando o Allen aciona o seu olho esquerdo

O braço transformado numa arma anti-akuma. (Primeira arma)

Ao longo da série, Allen e outros Exorcistas acabam por descobrir novos candidatos e assim a Ordem vai crescendo, ao mesmo tempo que se cruzam com outra ameaça, os parceiros do Conde do Milénio, o Clã Noé, humanos que se dizem ser descendentes diretos de Noé. Estes representam vários pecados da humanidade, como a gula, a preguiça, a soberba, a vaidade, etc.


Este anime está cheio de ação, comédia e drama, onde as histórias das personagens vão sendo também desvendadas durante os vários episódios do anime. É super interessante e deixa as pessoas que o assistem com vontade de saber o que virá no próximo episódio.

Fica aqui o primeiro episódio caso queiram espreitar. ;)


Obrigada por lerem! ;)

Disclaimer

Nenhuma das publicações deste blog onde são referidas marcas, aplicações, locais, entre outros, são pagas ou patrocinadas, salvo quando indicado o contrário na publicação.